segunda-feira, 8 de maio de 2006

ACIDENTES DE TRABALHO CUSTAM CARO AO BRASIL


Esta foto foi feita do 11o andar de prédio próximo










Domingo, 30 de abril de 2006, 10h44
Brasil gasta R$ 21 bi com acidentes de trabalho


O Brasil tem um prejuízo aproximado de R$ 21 bilhões por ano com gastos em acidentes de trabalho, segundo pesquisa realizada pela Fundação de Economia da Universidade de São Paulo (USP).
Este número, que representa cerca de 4% do PIB brasileiro, é citado pelo chefe do Setor de Saúde e Segurança no Trabalho, do Ministério do Trabalho do Paraná, Sergio Barros, como uma catástrofe para o País. "É uma verdadeira guerra, em que são feridos anualmente 380 mil trabalhadores e 1% desse total vai a óbito", explica.
A última estatística realizada pelo Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho, em 2004, mostra que o número de acidentes de trabalho no Paraná aumentou em relação a anos anteriores. De 35.185 acidentes com processos encerrados pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) depois de completado o tratamento e indenizadas as seqüelas, 212 trabalhadores morreram e 968 ficaram permanentemente incapacitados.
Em 2003, haviam sido registrados 30.906 acidentes com 225 óbitos e que deixaram 846 pessoas inválidas. De 2003 para 2004 houve um aumento de mais de 4,3 mil acidentes de trabalho.
A atualização e a exatidão desses dados, segundo Barros, se torna difícil porque menos da metade dos acidentes de trabalho que acontecem no Estado são notificados às autoridades. "E o grande número de trabalhadores no mercado informal faz com que esta estatística possa ser duplicada", observa.
Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Live Vídeo

AVISOS e DICAS

====================================================
Envie matérias para o Blog do Gerson Rocha: blog.gersonrocha@gmail.com
Questões Jurídicas: adv.gersonrocha@gmail.com
====================================================
VEJAM NOVOS ARQUIVOS PARA DOWNLOAD:

ASSISTAM AS MINI AULAS:
1. Ato Inseguro - Prof. Gerson Rocha
2. Mapa de Riscos - Prof. Gerson Rocha


=====================================================
POSTAGENS
=====================================================