quinta-feira, 10 de julho de 2008

MORTE POR EXCESSO DE TRABALHO NA TOYOTA


Quinta, 10 de julho de 2008, 10h42
Fonte: Associated Press

Empresas
Engenheiro japonês morre por trabalhar demais

Uma agência japonesa reguladora de trabalho concluiu que um engenheiro da montadora Toyota morreu por trabalhar demais, marcando a mais recente decisão contra o excesso de trabalho no Japão.

O trabalhador tinha 45 anos e sofria uma grande pressão como chefe de engenharia no desenvolvimento de uma versão híbrida do carro Camry, segundo afirmou Mikio Mizuno, advogado que representa a mulher do falecido, que teve sua identidade mantida em segredo.

Nos dois meses anteriores à sua morte, o engenheiro teve uma média de mais de 80 horas extras por mês. Ele constantemente trabalhava à noite e finais de semana, quando sofreu uma isquemia cardíaca em janeiro de 2006.

Segundo o advogado, a decisão da agência reguladora permitirá que os familiares do engenheiro recebam os benefícios e seguro a que ele teria direito.

Em comunicado, a Toyota afirmou que está trabalhando para melhorar o monitoramento da saúde de seus funcionários.


Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Associated Press.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Live Vídeo

AVISOS e DICAS

====================================================
Envie matérias para o Blog do Gerson Rocha: blog.gersonrocha@gmail.com
Questões Jurídicas: adv.gersonrocha@gmail.com
====================================================
VEJAM NOVOS ARQUIVOS PARA DOWNLOAD:

ASSISTAM AS MINI AULAS:
1. Ato Inseguro - Prof. Gerson Rocha
2. Mapa de Riscos - Prof. Gerson Rocha


=====================================================
POSTAGENS
=====================================================