segunda-feira, 13 de julho de 2009

A EPIterapia na Segurança do Trabalho


Quando perguntamos para uma turma de estudantes de cursos de CIPA ou mesmo de cursos de formação profissional em diversas áreas e inclusive na Formação dos Profissionais de Segurança do Trabalho o que devemos fazer no caso de encontrarmos um risco de acidentes do trabalho dizem: Deve-se usar o EPI - Equipamento de Proteção Individual.
Se pedimos para o aluno falar sobre prevenção, ele tende a falar do EPI. Uma vez um disse que a proteção coletiva era quando todos os trabalhadores estavam usando o EPI.
Empresas promovem punições para os empregados que não usam o EPI, os cursos para o uso de EPI são os preferidos e numa última experiência, quando alunos foram destacados a dar parte de uma aula de um curso de CIPA, escolheream o que? Falar de EPI.

Verdadeiramente o uso do EPI é importante, mas esse dispositivo ou produto de uso individual não se destina à prevenção de acidentes. Ele se destina à evitar a lesão, a morte do trabalhador ou reduzir a amplitude da lesão ou mesmo evitar o adoencimento do mesmo, mas não previne acidentes ou doenças relacionados com o trabalho.
A NR - 6 aborda claramente quando o EPI deve ser usado: Se as medidas de ordem geral não forem suficientes para controlar o risco, durante a implementação das medidas de proteção coletiva e no caso de emergências.
Então nos vemos diante de uma curiosidade: Como os cursos ainda destacam tanto esses dispositivos e omitem as medidas de prevenção realmente assim caracterizadas e eficientes como as de ordem geral ou de organização do trabalho e as de proteção coletiva?
Isso é ideológico, é ensinado de propósito assim ou é fruto de um desconhecimento ou senso comum equivocado que se propaga pela repetição sem um necessário raciocínio sobre os fatos?
O EPI é importante dispositivo que salva vidas mas não previne acidentes. Se você o usar quando deveria ser usado um dispositivo de proteção coletiva ou mesmo usá-lo em decorrência da omissão quanto as medidas de ordem geral, estará mais próximo de ocorrer um acidente falta, incapacitante ou mesmo leve.
Use e ensine a usar o EPI corretamente, na ocasião adequada e após ter implantado as medidas de organização do trabalho e de proteção coletiva.
Você para isso precisa seguir a minha opinião sobre esse tema? Evidente que não, basta seguir o que dispõe a própria NR 6, com a devida e fácil interpretação e uma atividade prevencionista será feita de forma honesta e correta técnica e legalmente falando.
Não promova ou aceite a EPIterapia, faça prevenção!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Live Vídeo

AVISOS e DICAS

====================================================
Envie matérias para o Blog do Gerson Rocha: blog.gersonrocha@gmail.com
Questões Jurídicas: adv.gersonrocha@gmail.com
====================================================
VEJAM NOVOS ARQUIVOS PARA DOWNLOAD:

ASSISTAM AS MINI AULAS:
1. Ato Inseguro - Prof. Gerson Rocha
2. Mapa de Riscos - Prof. Gerson Rocha


=====================================================
POSTAGENS
=====================================================