Live Vídeo

AVISOS e DICAS

====================================================
Envie matérias para o Blog do Gerson Rocha: blog.gersonrocha@gmail.com
Questões Jurídicas: adv.gersonrocha@gmail.com
====================================================
VEJAM NOVOS ARQUIVOS PARA DOWNLOAD:

ASSISTAM AS MINI AULAS:
1. Ato Inseguro - Prof. Gerson Rocha
2. Mapa de Riscos - Prof. Gerson Rocha


=====================================================
POSTAGENS
=====================================================

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Um jornalismo vergonhoso que se desnuda?


Venho acompanhando de longe um certo embate surdo entre o jornalista André Machado e a jornalista Ana Amélia Lemos. Ambos, especialmente a mais velha, sempre se caracterizaram por um jornalismo opinativo. Participam do mesmo programa na Rádio Gaúcha pela manhã. Recentemente, por conta do Plano Nacional de Direitos Humanos proposto pelo Governo Lula, a divergência entre os dois se evidenciou e um acordo contra os ouvintes se estabeleceu.

Ana Amélia é defensora do agronegócio, por isso sempre recebe homeganes dos fazendeiros e se posiciona invariavelmente contra o Governo Lula, já que os latifundiários não gostam geneticamente de pobres, camponeses, da agricultura familiar e do MST, que é sempre um movimento criminoso sem qualquer razão.

André Machado ontem, no Programa Chamada Geral 2ª Edição deu uma cutucada na colega de bancada. Disse claramente que quem tinha preconceito sobre o Plano Nacional de Direitos Humanos proposto pelo Governo Lula, não tinha se dado ao trabalho de ir na página da Secretaria Nacional de Direitos Humanos e ler o texto por completo. Uma clara provocação a sua colega que há muito tempo considero uma jornalista comprometida com uma ideologia de direita, escondida atrás de um manto cada vez mais esfarrapado de imparcialidade.

Hoje pela manhã no programa Atualidade, ficou evidente essa cisão. André Machado entrevistou o Marcos Rolim, cujo artigo O JORNALISMO DERROTADO está num post logo abaixo e a Ana Amélia não fez qualquer pergunta ao Ex-deputado, que participou da elaboração do Plano - PNDH - III. Depois foi entrevistada a Senadora do Democratas Kátia Abreu, uma espécie de Ronaldo Caiado de saias, um Bolsonaro de brincos. Somente Ana Amélia lhe fez perguntas, onde por certo a Senadora do partido DEM - também conhecido, após a corrupção em Brasília, como Deu Em Merda -´Palavras do Jornalista José Simão) chamou o MST de bandidos, criminosos, etc.. Nesta feita André Machado se calou, assim como Ana Amélia na entrevista que o Jornalista fez com Rolim. Que jornalismo vergonhoso é este que se desnuda e esquece dos ouvintes por conta de acordos ideológicos internos?

A Senadora, ídola da jornalista Ana Amélia, disse que invadir terra é crime, e é. Disse que não se pode negociar com criminosos e é verdade, que o direito à propriedade é constitucional (só esqueceu de dizer que é constitucional a função social da terra, então o direito a propriedade é relativo. Não conhece a Senadora o conceito de equidade).

Pois não é que a Senadora, ídola da Jornalista Ana Amélia, sofre uma ação na justiça para devolver terras que dizem, subtraiu ilegalmente do seu legítimo proprietário?

Assim diz a reportagem do Brasil de Fato, Um Camponês contra Kátia Abreu, que você deve ler antes de se posicionar contra os movimentos sociais, sempre mal ditos por jornalistas comprometidos com a distorção dos fatos e com políticos sem escrúpulos.

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Copyright by Blog do Gerson   |  Template by Blogspot tutorial