sábado, 1 de maio de 2010

O Dia do Trabalhador e a Saúde e Segurança do Trabalho



"Em 1886, realizou-se manifestação de trabalhadores nas ruas de Chicago nosEstados Unidos da América.Essa manifestação tinha como finalidade reivindicar a redução da jornada de trabalho para 8 horas diárias e teve a participação de milhares de pessoas. Nesse dia teve início uma greve geral nos EUA . No dia 3 de Maio houve um pequeno levantamento que acabou com uma escaramuça com a polícia e com a morte de alguns manifestantes. No dia seguinte, 4 de Maio, uma nova manifestação foi organizada como protesto pelos acontecimentos dos dias anteriores, tendo terminado com o lançamento de uma bomba por desconhecidos para o meio dos policiais que começavam a dispersar os manifestantes, matando sete agentes. A polícia abriu então fogo sobre a multidão, matando doze pessoas e ferindo dezenas. Estes acontecimentos passaram a ser conhecidos como a Revolta de Haymarket." Fonte: Wikipédia

As comemorações do dia do Trabalho ou do Dia do Trabalhador, que ocorrem no mundo inteiro, não podem relacionar-se ao mero estabelecimento de reflexões sobre emprego, salário e a legislação que baliza a venda da força humana para a produção num sistema capitalista de exploração do ser humano.

As doenças - e o capitalismo é uma e grave, assim como todo e qualquer regime político e ideológico que leve ao desrespeito do ser humano, seja de direita ou esquerda,- tem como sintomas aqueles que podem passar despercebidos nas análises e debates.

A falta ou precariedade de ações na defesa da saúde e segurança do trabalhador é um dos sintomas do sistema capitalista que resulta na morte e na incapacitação de milhares de seres humanos que escolheram o trabalho como forma de sustentar a si e sua família de forma honesta.

Neste dia, devemos lembrar que é um direito estampando da Constituição Federal o de terem reduzidos os riscos inerentes ao trabalho por meio de normas de segurança e medicina do trabalho além de outros que visem a melhoria das condições de vida dos trabalhadores.

Se isto passa por melhores salários, pela manutenção na lei de conquistas de direitos, passa também por ambientes de trabalho saudáveis e confortáveis, processos de trabalho humanizados e que respeitem o meio ambiente interno e externo das empresas, além da definitiva valorização dos profissionais prevencionistas, como os Técnicos em Segurança do Trabalho. Um respeito que passa por salários dignos, pelo atendimento por parte das empresas das normas de prevenção por este profissional aplicadas e recomendadas. Que passa por uma fiscalização por parte do Poder Público nas empresas, para a garantia dos preceitos constitucionais, que urgentemente precisam se concretizar na vida dos trabalhadores.

O Dia 1º de Maio é espaço para esta reflexão. A maioria dos acidentes ocorre no ambiente das empresas,quando muitos empresários, grande e pequenos, com conhecimento ou ignorância, aumentam seus lucros à custa do abandono dos trabalhadores à sorte das condições de trabalho que promovem o adoecimento e acidentam trabalhadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Live Vídeo

AVISOS e DICAS

====================================================
Envie matérias para o Blog do Gerson Rocha: blog.gersonrocha@gmail.com
Questões Jurídicas: adv.gersonrocha@gmail.com
====================================================
VEJAM NOVOS ARQUIVOS PARA DOWNLOAD:

ASSISTAM AS MINI AULAS:
1. Ato Inseguro - Prof. Gerson Rocha
2. Mapa de Riscos - Prof. Gerson Rocha


=====================================================
POSTAGENS
=====================================================