sábado, 2 de outubro de 2010

Eu Caminhei mais de 10 passos com o Lula

Num post não muito recente, lembrei-me de que, há muitos anos, Lula candidato à Presidente do Brasil, saindo de um bar, ao lado do Olívio Dutra, me viu sozinho, aguardando tímido iniciar a caminhada, veio em minha direção, abraçou-me e disse "vamos caminhar companheiro?" Caminhamos uns dez passos juntos e Lula se foi tomar a frente do povo que o acompanharia em Porto Alegre. Digo sempre que algumas verdades minhas, não requerem atestado, eu sei que são e tive essa singela história em minha vida, logo, não perca tempo em duvidar dessa minha caminhada abraçado com Lula, pois é verdade mesmo. E Lula não se elegeu e depois não se elegeu e depois conquistei a sua eleição.
Verdade, pois esse tempo todo eu a desejei e nos momentos mais difíceis depois de eleito eu estava caminhando com ele, pois fazia-se necessário, inadiável que Lula vencesse, nós vencêssemos.
No mensalão, tivemos decepções, mas o que mais me admirou em Lula naquele momento foi a capacidade dele em não desmerecer seus amigos. Se erraram, pois bem, a história dirá e julgará, mas Lula disse mais uma vez e eu ouvi naquele turbilhão todo: "São meus amigos, não deixarão de ser, mesmo que precisemos corrigir alguns erros".
Durante muito tempo, ouvi dizer que Lula não teria condições de governar, "comeria na mão dos outros" era burro, analfabeto, ignorante, nordestino, arruaceiro, de esquerda, toda sorte de pejorativos saiam da boa daqueles que não entendiam como aquele sujeito poderia seque pensar em ser Presidente do Brasil.
Votaram em Collor e sua bilinguisse, FHC e sua honoris causazisse até que Lula foi eleito Presidente do Brasil.
Durante esses quase oito anos de mandato, defendi Lula nas rodas de amigos, no trabalho, pois seguiam o preconceito racial, social, ideológico contra Lula. Vivo num ambiente em que não temos muitos meios termos, ou somos contra ou a favor. No Rio Grande do Sul somos todos honestos ou não, mas vivemos um problema pois recentemente descobrimos que nossos políticos são tão desonestos quanto àqueles que com soberba acusávamos por serem não-gaúchos. Precisamos de paciência com a gauderiada que está meio sem chão com a direita corrupta daqui, tal e qual a direita corrupta do nordeste, do Rio, de SP. Então por aqui tu és petista ou anti-pestista e isto vem ajudando o PT uma barbaridade.
Dia desses disse para um amigo, muito sensível a e-mails falaciosos, com o objetivo de evitar o voto em Dilma, aquilo de antipetismo, diante de uma manifestação do tipo "A Dilma tem o temperamento forte", o Lula isso e aquilo, falei: Amigo, te despe de teus preconceitos e vota sem culpa no teu candidato, mas assume, não fica dando desculpas frágeis demais para um homem que não é analfabeto como achas que o Lula é.
Foram muitas discussões e defesas por ai e sempre de olhos bem abertos algumas críticas, mas nunca preconceituosas ou mesmo infundadas.
Uma das críticas foi a demora em Lula agir para por de joelhos a Imprensa Golpista, mas me satisfez, ao final do seu mandato, defendendo seu governo e nossa candidata Dilma, Lula falou de Liberdade de Imprensa como eu penso e defendo neste blog há muito tempo e fez com que o jornal O Estado de São Paulo saísse da moita da imparcialidade e assumisse seu apoio a Serra. Uma derrota para quem sempre se disse imparcial. A Folha  de São Paulo, de joelhos, até manchete anti-Serra fez, depois de uma campanha imensa contra a Candidatura de Dilma, dizendo do telefonena de Serra para Gilmar Mendes. Se ajoelha para Lula pois sabe que a imprensa hoje está na internet, nos blogs, onde podemos oferecer uma resistência democrática a pilantragem desses órgãos de imprensa golpistas.
Mas eles não sossegarão, esse é um alerta que faço. Lula deixará o Governo, Dilma assumirá como é meu desejo, e eles seguirão tentando sangrar Dilma e Lula, pois Lula não pode ser um ícone, um ídolo, uma referência política no Brasil', como o é, pois ele não foi feito para isso.
Lula foi feito para perder, errar e envergonhar. O Sucesso cabe à elite branca, racista e separatista, como a elite paulista, gaúcha, carioca, mineira, mas não ao Lula, pois o sucesso de Lula é o meu sucesso, o da maioria do povo brasileiro, que é tão capaz, inteligente e humano como Lula.
Lula será o primeiro ícone político popular do Brasil. Os demais, Getúlio Vargas, JK, faziam parte das classes sociais mais altas, Lula não, ele é muito parecido com qualquer um de nós.
Devemos seguir atentos, a vitória de Dilma não vai passar na garganta dessa gente que governou o Brasil durante séculos e não tem vergonha de não ter feito a metade do que Lula fez.
A Esperança venceu o medo, está vencendo o ódio com Dilma Presidente.
E eu seguirei aqui, anônimo para o Presidente, continuando aquela caminhada, onde os dez primeiros passos foram o início e mesmo sem o abraço, segui e seguirei junto, caminhando por um Brasil Democrático, Livre, Soberano e de um povo brasileiro altivo, orgulhoso e respeitado como Lula sempre foi e inegavelmente provou ser.
Obrigado Lula!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Live Vídeo

AVISOS e DICAS

====================================================
Envie matérias para o Blog do Gerson Rocha: blog.gersonrocha@gmail.com
Questões Jurídicas: adv.gersonrocha@gmail.com
====================================================
VEJAM NOVOS ARQUIVOS PARA DOWNLOAD:

ASSISTAM AS MINI AULAS:
1. Ato Inseguro - Prof. Gerson Rocha
2. Mapa de Riscos - Prof. Gerson Rocha


=====================================================
POSTAGENS
=====================================================